Francisco Seco/AP
Francisco Seco/AP

Adrien Silva exalta Cristiano Ronaldo na seleção portuguesa: 'É um exemplo'

Meia elogia comportamento e capacidade de liderança do craque português, capitão da equipe lusitana

Estadão Conteúdo

17 Junho 2018 | 07h18

Ainda no embalo da boa estreia de Portugal na Copa do Mundo, o meia Adrien Silva exaltou neste domingo a importância de Cristiano Ronaldo para a equipe. Para o jogador do Leicester City, o companheiro tem participação decisiva não somente dentro de campo, mas também nos treinos e na convivência do grupo.

+ Ronaldo tem força mental exaltada por Fernando Santos e é elogiado até por Hierro

+ Cristiano Ronaldo comemora marca histórica e iguala feito de Pelé, Klose e Seeler

+ Diego Costa lamenta infelicidade da Espanha: "Tivemos o controle"

"Ele é um exemplo para todos nós diariamente. E não apenas pelos seus gols, mas principalmente por seu comportamento, liderança e, como capitão, é um motivo de orgulho para todos", declarou o meio-campista.

Cristiano Ronaldo brilhou logo na estreia da seleção portuguesa em solo russo. Na sexta-feira, ele marcou os três gols de Portugal no empate com a Espanha por 3 a 3. O atacante, vindo de mais um título da Liga dos Campeões com o Real Madrid, foi eleito o melhor jogador da partida e ganhou as manchetes dos principais jornais do mundo.

Nada disso, porém, abalou a humildade do craque, segundo Adrien Silva. "Ele não costuma falar de suas conquistas. Quer apenas que o time ganhe. Depois do jogo, ele cumprimentou todo mundo pelo grande trabalho que fizemos", afirmou, referindo-se ao jogo de estreia, em Sochi.

 

Adrien, Cristiano Ronaldo e os demais jogadores de Portugal retomaram os trabalhos em campo neste domingo. No sábado, eles haviam feito treino de recuperação, na academia, na base da equipe localizada em Kratovo.

O time português volta a campo na quarta-feira para enfrentar o Marrocos, pela segunda rodada do Grupo B da Copa. O jogo será disputado no estádio Luzhniki, o principal deste Mundial, em Moscou.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.