Altos
Altos

Adversário na Copa do Brasil, Altos alfineta Flamengo com título do Palmeiras na Libertadores

Equipe do Piauí faz publicação nas redes sociais relembrando final em Montevidéu, que terminou com vitória alviverde por 2 a 1

Redação, Estadão Conteúdo

28 de março de 2022 | 20h20

A Copa do Brasil teve seus confrontos da terceira fase definidos em sorteio nesta segunda-feira. Um deles será entre Flamengo e Altos-PI. O time piauiense não perdeu tempo e provocu o adversário nas redes sociais. Para isso, relembrou a última decisão da Libertadores, em novembro de 2021, em que o time rubro-negro foi derrotado pelo Palmeiras em Montevidéu, capital do Uruguai.

"Será que vamos jogar de verde contra o Flamengo, igual ao Palmeiras na final da Libertadores?", questionou o perfil do clube, que compartilha as mesmas cores do time paulista. Mais cedo, o Altos-PI já havia postado o resultado (7 a 1) que obteve na última vez em que enfrentou um Flamengo - no caso, o do Piauí. 

Jogando a Série C do Campeonato Brasileiro, o Altos é atualmente o vice-líder do Campeonato Piauiense. Para chegar à terceira fase da Copa do Brasil, eliminou o Sport (1 a 0) e o ABC, nos pênaltis (4 a 2) após empate em 1 a 1 no tempo normal. O primeiro jogo entre Flamengo e Altos acontecerá no Piauí, com a partida de volta provavelmente no estádio do Maracanã.

AYRTON LUCAS

O Flamengo acertou a contratação do lateral-esquerdo Ayrton Lucas, de 24 anos. O jogador, revelado pelo Fluminense, chega por empréstimo até o final da temporada, vindo do Spartak Moscou. O Spartak comprou Ayrton em 2019 do Fluminense e pagou 7 milhões de euros. O contrato com o Flamengo não deve ter obrigação de compra em caso de metas atingidas. Ele possui vínculo com os russos até 2026.

A última vez que Ayrton atuou pelo Spartak foi em 19 de março, no empate com o Nizhny Novgorod. Na ocasião, ele teve um lesão no tornozelo e desde então está em tratamento. Ayrton Lucas é aguardado no Rio nos próximos dias, quando será submetido a exames médicos. O atleta atuou pela seleção brasileira pré-olímpica, mas não foi convocado para disputar os Jogos de Tóquio no ano passado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.