Advocaat assume Bélgica e promete reerguer seleção

O holandês Dick Advocaat assumiu a seleção da Bélgica com a promessa de recolocar o país no mapa do futebol mundial. Nesta quarta-feira, ele afirmou que os belgas têm a obrigação de se classificar para a Eurocopa de 2012, que será disputada na Polônia e na Ucrânia.

AE, Agencia Estado

22 de setembro de 2009 | 13h51

"Não estou dizendo que sou um salvador, mas já consegui proezas antes. Todos os belgas querem classificar-se para uma competição importante. Se não conquistarmos uma vaga na Eurocopa de 2012, significará que falhei em meu objetivo", disse Advocaat, comandante da Holanda na Copa do Mundo de 1994.

A Bélgica classificou-se para seis Copas consecutivas, entre 1982 e 2002, e alcançou a semifinal no México, em 1986. No entanto, a seleção nacional falhou nas Eliminatórias de 2006 e também está fora da briga para ir à África do Sul. Da Eurocopa, a seleção não participa desde 2000, quando organizou o torneio ao lado da Holanda.

Para Advocaat, a má fase do futebol belga pode ser explicada pelo comportamento de muitos dos jogadores jovens do país. "Os jogadores têm uma imagem errada deles mesmos. Acham que estão prontos para jogar no Real Madrid ou no Barcelon", disse o treinador.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBélgicaDick Advocaat

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.