Advogado pede suspensão de jogos do Flu durante Olimpíada

Para não ver seu time prejudicado por falta de jogadores, Salles Nobre entra com representação contra CBF

Silvio Barsetti, O Estado de S.Paulo

31 de julho de 2008 | 17h56

O advogado carioca Luís Eduardo Salles Nobre entrou nesta quinta-feira com representação no Ministério Público (do Estado do Rio) contra a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pedindo a suspensão dos jogos do Fluminense na competição até que o clube possa contar novamente com o zagueiro Thiago Silva e o meia Thiago Neves, atualmente a serviço da seleção olímpica brasileira. Veja também:  Fluminense deve fechar parceria com PSG, da França De acordo com o advogado, responsável pelo movimento que resultou na saída de Luiz Zveiter da presidência do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no final de 2005, a CBF, como responsável pelo Campeonato Brasileiro, "está fraudando o Fluminense e seus torcedores" ao deixar o clube sem dois de seus principais jogadores.

Tudo o que sabemos sobre:
CBFFluminenseBrasileirão Série A

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.