Marcio Fernandes/Estadão
Marcio Fernandes/Estadão

Aeroporto é liberado e Palmeiras pode enfim viajar para Vilhena, em Rondônia

Equipe fará sua estreia na Copa do Brasil diante da equipe local, na quarta-feira

Daniel Batista, O Estado de S. Paulo

10 de março de 2014 | 23h16

SÃO PAULO - Depois de passar boa parte da segunda-feira interditado, por falta de documentação, o  aeroporto Brigadeiro Camarão, em Vilhena, no estado de Rondônia, foi liberado e com isso o Palmeiras pode viajar para enfrentar o time da cidade, nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil.

Segundo um funcionário da companhia aérea Azul, a liberação aconteceu por volta das 21h desta segunda e, inclusive, um avião da empresa já estaria se dirigindo ao aeroporto. O Palmeiras viaja na manhã desta terça-feira para Cuiabá, onde treina à tarde no Centro de Treinamento do Mixto e à noite viaja para Vilhena.

Caso o aeroporto continuasse fechado, o Palmeiras poderia ter de encarar mais de 10 horas de viagem de ônibus de Cuiabá até Vilhena, ou então, fretar um avião para levar a equipe até Ji-Paraná e de lá pegar um ônibus, em viagem que levaria cerca de 4 horas.

O Palmeiras enfrenta o Vilhena na quarta, às 19h30, no estádio Portal da Amazônia. O retorno para São Paulo acontece na manhã desta quinta-feira e no sábado o time já volta a campo para encarar a Ponte Preta, sábado, pelo Campeonato Paulista.

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolPalmeirasCopa do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.