Divulgação
Divulgação

Afegão que usou sacola como camisa de Messi conhece o ídolo

Encontro aconteceu nesta terça-feira, em Doha

O Estado de S.Paulo

13 de dezembro de 2016 | 08h55

Após viralizar na internet quando apareceu vestindo uma camisa da Argentina feita de saco plástico com o nome de Messi, o garoto Murtaza Ahmadi realizou o sonho de conhecer o craque do Barcelona. O encontro aconteceu nesta terça-feira, aproveitando a viagem que o clube espanhol fez ao Catar para amistoso com o Al Ahly.

A ação foi promovida pelo próprio Barcelona, que levou o afegão de seis anos até Doha. Feliz em conhecê-lo, Messi inclusive carregou o menino no colo. 

A imagem de Ahmadi se transformou em símbolo do amor sem fronteiras de uma criança pelo futebol. Segundo seu pai, o garoto chorava repetidamente por não ter a oportunidade de vestir o uniforme do ídolo. Isso mudou quando ele encontrou a tal sacola e pediu para que seus irmãos escrevessem o nome de Messi e o número 10 nas "costas", antes de amarrá-la nele, "transformando" o objeto em uma camisa da seleção argentina.

Presidente da Federação Afegã de Futebol, Keramuddin Karim havia prometido em fevereiro, que Murtaza Ahmadi conheceria o ídolo. Desde então, passou a tentar viabilizar a ação com a família do menino e com Messi. Para ver o jogador pessoalmente, o afegão precisou viajar desde a província de Ghazni, onde mora, até Doha, com uma distância superior aos 3.000 km.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.