África do Sul bate Cruzeiro em jogo-treino de reservas

Menos de 12 horas depois de terem empatado por 0 a 0 em amistoso realizado no Mineirão na noite da última quarta-feira, Cruzeiro e a seleção da África do Sul voltaram a se enfrentar nesta quinta-feira pela manhã, em jogo-treino na Toca da Raposa II, um dos centros de treinamento da equipe de Belo Horizonte. Desta vez, porém, foram escaladas equipes reservas e o time sul-africano levou a melhor.

AE, Agencia Estado

18 de março de 2010 | 15h40

A seleção comandada por Carlos Alberto Parreira venceu por 2 a 0, em um duelo que teve dois tempos de 40 minutos. Poupados do amistoso de quarta-feira, o zagueiro Thiago Heleno, o meia Gilberto e o atacante Guerrón estiveram em campo pelo Cruzeiro. Gilberto, inclusive, chegou a desperdiçar um pênalti ao chutar a bola no travessão no primeiro tempo.

Na etapa final do jogo-treino, o técnico Adilson Batista manteve apenas o atacante Anderson Lessa na equipe titular cruzeirense e promoveu a entrada de cinco jogadores do time júnior. Já Parreira realizou menos mudanças e até usou alguns atletas que participaram do amistoso no Mineirão.

Com mais conjunto que o adversário, o time sul-africano se aproveitou e garantiu a vitória com gols de Claassen e Heuyekane, colocados na equipe pelo treinador brasileiro durante o confronto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.