África promete apoio a Blatter na eleição da Fifa

O futebol africano declarou apoio formal nesta terça-feira ao presidente da Fifa, Joseph Blatter, que buscará a reeleição para mais quatro anos à frente da entidade contra Mohamed bin Hammam, do Catar.

MARK GLEESON, REUTERS

17 de maio de 2011 | 13h25

A Confederação Africana de Futebol (CAF) disse que o comitê-executivo da entidade, em uma reunião no Cairo na segunda-feira, aprovou uma moção de apoio a Blatter para a eleição de 1o de junho em Zurique.

"Após uma votação secreta, o comitê-executivo da CAF aprovou por maioria o apoio ao atual presidente", disse a confederação em breve comunicado.

Com a África agora a seu lado, o suíço Blatter, de 75 anos, já garantiu o apoio de quatro das seis confederações que formam a Fifa.

A decisão africana segue o mesmo caminho já adotado pela Uefa, América do Sul e Oceania.

Blatter espera garantir um quarto mandato como presidente da Fifa na eleição em que cada um dos 208 membros da Fifa tem direito a um voto simples.

No caso da África, no entanto, muitos países podem não seguir a determinação do comitê-executivo da CAF.

Quando Blatter foi eleito em 1998, o comitê-executivo da CAF fez campanha pelo adversário Lennart Johansson, mas a maioria dos africanos foi contra a orientação regional e ajudou a eleger o suíço.

Tudo o que sabemos sobre:
FUTFIFABLATTERAFRICA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.