Agente de Adriano diz negociar com times fora da Itália

Adriano cansou de ser o Imperador. Pelo menos, na avaliação do seu agente Gilmar Rinaldi, que já admite negociar com clubes de fora da Itália, onde o jogador ganhou o apelido. A declaração do empresário vem no mesmo dia em que a Inter de Milão confirmou a rescisão unilateral do contrato do atacante, sem que as partes tenham que pagar qualquer valor.

AE, Agencia Estado

24 de abril de 2009 | 16h34

"A Itália pesava mais nos últimos tempos. Eu acredito que ele pode voltar a uma equipe da Europa, mas não a Itália", afirmou Gilmar, em entrevista ao SporTV. "Lá ele teve muitos problemas. Vamos ver o que nos aguarda", completou.

Nos oito anos em que Adriano defendeu a Inter, marcou 74 gols, tendo conquistado o tricampeonato italiano (2006, 2007 e 2008), mas os inúmeros escândalos envolvendo o seu nome acabaram desgastando a relação com o clube. Além disso, o próprio jogador afirmou que queria "dar um tempo com o futebol", depois de não se reapresentar ao clube, no início desse mês.

Gilmar não acredita em uma aposentadoria precoce de Adriano e revelou que o atacante voltará a praticar exercícios, em uma academia, no Rio de Janeiro. "Um jogador de 27 anos dificilmente abandonará o futebol. Estamos trabalhando para resolver os problemas, para que ele possa voltar a atuar em breve", disse.

Em nota publicado no site oficial, a Inter de Milão desejou sorte ao jogador, além de agradecer pelos gols marcados, durante as temporadas em que passou por lá.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAdrianonovo time

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.