Reprodução
Reprodução

Agente de Ronaldo defende jogador por festa de aniversário

Após ser goleado pelo maior rival por 4 a 0, melhor do mundo promove festa com karaokê e gera revolta dos torcedores do Real

Iain Rogers, REUTERS

09 de fevereiro de 2015 | 11h16

O agente de Cristiano Ronaldo defendeu o vencedor da Bola de Ouro da Fifa das críticas que recebeu por ter feito uma festa para comemorar seu aniversário de 30 anos no sábado, horas depois de o Real Madri levar uma surra de 4 a 0 do Atlético de Madri no Campeonato Espanhol.

Imagens amplamente divulgadas nas mídias sociais, que causaram revolta nos torcedores do Real, mostram o capitão de Portugal e colegas como James Rodríguez, Marcelo e Keylor Navas curtindo a celebração.

Segundo relatos, o presidente do Real, Florentino Pérez, ficou furioso, e também se comentou que nenhum dos jogadores espanhóis do clube compareceu, incluindo os capitães Iker Casillas e Sergio Ramos, o que evidenciaria uma divisão no grupo.

“Cristiano continua sendo o melhor profissional do mundo, o melhor da história”, declarou seu agente, Jorge Mendes, à rádio espanhola. “Ele ficou muito aborrecido com a derrota”, acrescentou.“Ele me disse que só ficaria pouco tempo, mas que tinha mais de 40 crianças o esperando na festa e que tinha que ir.”

O fiasco diante do Atlético, que aconteceu depois de o Real ser eliminado da Copa do Rei por seu rival local no mês passado, permitiu ao segundo colocado na liga, Barcelona, ficar a um ponto dos líderes com pouco mais de metade da temporada disputada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.