Agente diz que 'beijo homossexual' de Guti é na irmã

Zoran Vekic esclarece mal-entendido e afirma que pode processar a revista pela exposição do jogador

Ansa,

20 de fevereiro de 2008 | 15h34

O suposto beijo gay de Guti - que foi publicado pela revista Cuore e teve ampla repercussão na imprensa mundial na última semana - era, na realidade, um afetuoso beijo de despedida que o apoiador do Real Madrid deu em sua própria irmã.  O representante do jogador, Zoran Vekic, esclareceu o mal-entendido em declarações ao jornal espanhol El País, após a imprensa italiana ter dado ampla repercussão ao tema, aproveitando a partida que o Real Madrid jogou na noite desta terça-feira em Roma, pela Liga dos Campeões. Guti, de 31 anos, avalia um eventual processo contra os responsáveis pela exposição de sua vida pessoal, e acredita que as fotos foram utilizadas na Itália para "esquentar" a prévia do jogo em que o Real Madrid perdeu por 2 a 1.  O beijo publicado pela revista Cuore, disse Vekic, ocorreu durante a despedida de Guti à irmã, após ela ter lhe contado que "está grávida novamente". Guti, 31, é casado com Arancha de Benito, com quem tem dois filhos (Zaira e Aitor). Seu casamento, conforme publicara a Cuore, não atravessa nenhuma crise.

Tudo o que sabemos sobre:
Real MadridGuti

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.