Reprodução
Reprodução

Agente funerário que tirou foto ao lado do corpo de Maradona é demitido

Advogado do ídolo argentino classificou o ato como 'covarde' e disse que os 'responsáveis' pagarão

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de novembro de 2020 | 10h48

Um funcionário da funerária contratada para fazer a preparação do corpo de Diego Maradona, velado e enterrado nesta quinta-feira, foi demitido após compartilhar foto ao lado do caixão aberto, tocando o rosto do ídolo argentino. O proprietário do local confirmou o desligamento do agente. "Foi despedido imediatamente", disse, em entrevista ao site Todo Noticias, do Clarín.

A foto passou a ser compartilhada no WhatsApp e no Twitter no início da tarde. Irritado, Matias Morla, advogado e amigo pessoal de Maradona, disse que o funcionário responsável pelo clique é "um canalha" e que não descansará "enquanto ele não responder por essa aberração".

"Por conta da viralização da imagem de Diego em seu leito de morte, vou pessoalmente encontrar quem foi o canalha que tirou essa foto. Todos os responsáveis por essa covardia vão ter de pagar", disse Morla. A imagem mostra o funcionário ao lado do caixão aberto. Ele faz um sinal de positivo com uma mão, enquanto toca o rosto do argentino com a outra. Maradona morreu na quarta-feira em decorrência de parada cardiorrespiratória. 

Seu corpo foi velado na Casa Rosada, sede do governo argentino, em cerimônia aberta que arrastou uma multidão de fãs. A noite, ele foi enterrado no cemitério Bela Vista, ao lado do túmulo de seus pais.  

Tudo o que sabemos sobre:
Maradonafutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.