Hélvio Romero/AE - 11/3/2011
Hélvio Romero/AE - 11/3/2011

Agentes de Paulo Henrique Ganso se reúnem com dirigentes do Milan

Representantes discutiram por mais de três horas sobre contratação do jogador santista

AE-AP, Agência Estado

27 de abril de 2011 | 10h13

MILÃO - Agentes de Paulo Henrique Ganso se reuniram com dirigentes do Milan, nesta quarta-feira, na sede do clube italiano. Os representantes do meia do Santos conversaram por cerca de três horas com o vice-presidente do time da Itália, Adriano Galliani, e o diretor esportivo Ariedo Braida, segundo informaram o jornal Gazzetta dello Sport e a agência de notícias italiana Ansa.

Apesar de o Santos garantir que segue lutando para segurar Ganso, o próprio jogador admitiu, na semana passada, em entrevista à rede de tevê italiana Sky, que está "mais próximo" de atuar no futebol italiano e reconheceu que Milan e Inter de Milão lutam para contratá-lo.

No início deste mês, o presidente do Santos, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, afirmou que não havia recebido nenhuma proposta do exterior por Ganso, mas acusou Milan e Inter de Milão de aliciarem o jogador de forma ilegal, sem antes consultar o clube da Vila Belmiro. Por causa do fato, o Santos chegou a enviar uma notificação à Fifa com o objetivo de coibir o suposto aliciamento dos clubes italianos.

O certo é que Ganso estará em campo nesta quarta-feira, contra o América do México, às 21h50, na Vila Belmiro, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América. O Milan espera poder contar com o jogador após o fim desta temporada europeia, que se encerra em maio, mas a possível continuidade do Santos nas próximas fases do torneio continental poderá adiar por mais tempo o sonho do meio-campista de se transferir para o time italiano.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMilanPaulo Henrique Ganso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.