Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

'Agora deve achar a Sul-Americana importante', diz Souza sobre Aidar

Volante minimizou declarações do presidente no começo da competição, à qual chamou de desinteressante

Fernando Faro, O Estado de S. Paulo

30 de outubro de 2014 | 11h30

Assim que o São Paulo foi eliminado pelo Bragantino na Copa do Brasil e ganhou de 'brinde' a vaga na Sul-Americana, o presidente Carlos Miguel Aidar enxovalhou a competição internacional e, entre outros, disse que é um torneio deficitário e fraco tecnicamente.

À medida que o time avança, os jogadores acreditam que o desdém do dirigente ficou para trás. Ao menos essa é a opinião de Souza, que imagina que Aidar hoje vê a possibilidade de título com outros olhos.

"É óbvio que, nessa fase, se perguntar para ele de novo agora, ele vai achar importante. Tínhamos acabado de sair de uma competição, doeu muito, inclusive nele, que é o carro-chefe do clube. A Sul-americana tem grande peso, sim, todos querem ganhar. É bom para as finanças do clube, para os jogadores. Tenho certeza de que, hoje, ele teria opinião diferente", afirmou o volante.

Souza, que chegou ao clube no início do ano e já foi contratado em definitivo, não esconde o desejo de conquistar um título a qualquer custo pelo clube. Para ele, conquistar a Sul-Americana deve ser uma "obsessão" para todo o grupo.

"Acho que não só eu, mas todos temos essa obsessão de conquistar o título, é muito legal ver os quadros de campeão nas paredes do CT e fazer parte da história. Além do título, seria legal para coroar esse grupo, afinal jogadores como o Rogério e o Kaká não estarão mais aqui."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.