Reprodução
Reprodução

Agora é oficial! Jadson assina contrato e é o novo reforço do Corinthians

Meia fica no clube pelos próximos dois anos

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

06 Fevereiro 2017 | 14h25

Embora tenha acertado com o Corinthians na última terça-feira, Jadson assinou contrato com o clube apenas nesta segunda e é, de forma oficial, o novo reforço da equipe para os próximos dois anos. O jogador chega com a expectativa de repetir a grande passagem que teve pelo clube entre 2014 e 2015 e com a missão de ser o principal articulador de jogadas.

A assinatura de contrato acabou demorando mais do que o esperado, porque o jogador e o clube mudaram alguns detalhes do acordo antes de assinar todos os documentos. Entretanto, em momento algum correu-se qualquer possibilidade do negócio não ser fechado. Na noite da última sexta-feira, o empresário do jogador, Marcelinho Robalinho, colocou em sua página no Twitter que tudo havia sido acertado e que só “falta assinar”.

No sábado, Jadson viajou e deixou acertado que a assinatura ocorreria nesta segunda-feira. Antes, a negociação se estendeu por quase um mês em decorrência de divergência dos valores pedidos pelo atleta e oferecidos pelo clube, além do tempo de contrato.

Os valores da negociação não foram revelados, mas o Corinthians deve pagar algo em torno de R$ 450 mil por mês e mais R$ 5 milhões de luvas aos agentes do atleta. Jadson ser integrado ao elenco corintiano nos próximos dias e corre contra o tempo para ter condições físicas de ser aproveitado nas primeiras rodadas do Campeonato Paulista.

Em relação ao tempo de contrato, Jadson queria um vínculo de três anos, mas o clube aceitava apenas dois. No fim, prevaleceu a vontade dos dirigentes. O meia volta ao clube após ter sido vendido ao Tianjian Quanjian por 5 milhões de euros (R$ 21,63 milhões). No clube chinês, foi um dos líderes do elenco na conquista do acesso para a primeira divisão do campeonato local e tinha ainda mais um ano de contrato.

O problema é que o Tianjian tinha muitos estrangeiros no elenco e Jadson não seria aproveitado.  Então, ele conseguiu acertar a rescisão contratual e ficou com caminho livre para retornar ao futebol brasileiro. Além do Corinthians, Grêmio, Flamengo e Atlético-MG também sondaram o jogador, que sempre deixou o time paulista como prioridade e não chegou a ouvir outras propostas.

Jadson ainda levará cerca de um mês para poder reestrear pelo Corinthians. Sem jogar desde outubro, o jogador está um pouco acima do peso, algo que já criou polêmica. Na sexta-feira, o médico Joaquim Grava, que presta serviços ao clube, deu entrevista para o canal Fox Sports e disse que o meia estava acima do peso. Irritado, Jadson utilizou as redes sociais para criticar o médico e a imprensa por ter divulgado a informação e falou que teria que “calar a boca de muita gente”.

Notícias relacionadas
Mais conteúdo sobre:
Corinthians Futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.