Agora Estevam só pensa no Tacuary

O técnico Estevão Soares procurou outra explicação para a derrota para a Portuguesas Santista (1 a 0), depois de salientar que o estado do gramado foi ruim para as duas equipes. "Nós tivemos sete chances reais de gol e 15% a mais de posse de bola. Eles marcaram de falta, de bola parada e não tem o que explicar". Ele reconhece que seu time teve três tropeços seguidos (duas derrotas e um empate), mas destacou que não mereceu perder em nenhuma das ocasiões.Estevam vai cuidar para que a derrota em Santos não abale o grupo, principalmente porque tem uma partida decisiva na quarta-feira, contra o Tacuary. "Temos de pensar agora só no jogo de quarta-feira, que nos dá a chance de passar para outra fase da Libertadores e vamos passar.Para isso, precisamos continuar trabalhando".Por conta do jogo decisivo, Estevam entende que "esse jogo contra a Portuguesa já percente ao passado".

Agencia Estado,

05 de fevereiro de 2005 | 20h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.