Felix Ordonez| Reuters
Felix Ordonez| Reuters

Agora no banco, Zidane e Luis Enrique voltam a se enfrentar após briga

Francês e espanhol já discutiram durante 'El Clásico' em 2003

O Estado de S.Paulo

31 de março de 2016 | 11h21

Neste sábado, a Catalunha será novamente palco de um dos maiores clássicos da história do futebol mundial. Ainda que Barcelona e Real Madrid se enfrentem pela 231ª oportunidade, a partida deste final de semana terá uma novidade: será o primeiro "El Clásico" de Zinedine Zidane como treinador. 

Como jogador madridista, de 2001 e 2006, o francês enfrentou os Culés em 11 jogos, com quatro vitórias, quatro empates, três derrotas e três gols marcados. O tento mais significativo foi na primeira partida semifinal da Liga dos Campeões de 2001/02. No Camp Nou, Zizou fez o primeiro na vitória do Real por 2 a 0. O empate por 1 a 1, na volta em Madri, garantiu vaga na final contra o Bayer Leverkusen, que seria disputada em Glasgow, na Escócia. Na decisão, Zidane marcou um dos mais belos gols da história do torneio continental, após cruzamento de Roberto Carlos, no último minuto da primeira etapa. 

Luis Enrique, ao contrário de Zidane, vestiu ambas as camisas. Na capital espanhola ficou de 1991 a 1996, ano em foi para Barcelona após transferência conturbada. Na Catalunha, jogou até 2004. Com o uniforme branco, o meia-atacante fez 13 jogos, com quatro vitórias, cinco empates, quatro derrotas e um gol marcado. Vestindo azul e grená, apareceu em 19 clássicos, marcando cinco vezes e somando oito vitórias, sete empates e quatro derrotas. 

Se este será o primeiro encontro entre os ex-jogadores a partir dos bancos de reservas, ambos já se confrontaram seis vezes dentro do campo. Pelo clássico espanhol foram cinco jogos, com uma vitória para cada lado e três empates. A primeira vez em que foram adversários, porém, foi no empate por 1 a 1 entre França e Espanha, na Eurocopa da 1996, disputada na Inglaterra. 

O encontro mais memorável entre eles aconteceu em 19 de abril de 2003, em partida válida pela 30ª rodada do Campeonato Espanhol, no Santiago Bernabéu. Após Zidane dar uma cotovelada em Puyol, que o marcava na meia direita, Luis Enrique foi cobrar o francês pelo lance. Zizou não recuou e ambos trocaram empurrões por alguns segundos até que os outros jogadores separassem. A partida terminou em 1 a 1, justamente com Luis Enrique marcando o gol de empate após Ronaldo abrir o placar. 

Também diferente de Zidane, Luis Enrique vai para o seu quarto jogo contra o Real como técnico. Depois de perder na estreia de virada por 3 a 1 no Santiago Bernabeu, venceu nas outras duas vezes. Na temporada passada, fez 2 a 1 em casa e, no primeiro turno da atual edição do Espanhol, goleou os rivais por 4 a 0, com gols de Neymar, Iniesta e dois de Suárez.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.