Federico Gambarini/ EFE
Federico Gambarini/ EFE

Agora no Liverpool, Klopp volta a Dortmund pela Liga Europa

Técnico alemão treinou Borussia durante sete temporadas

O Estado de S. Paulo

07 de abril de 2016 | 11h31

O sorteio das quartas de final da Liga Europa reservou um encontro especial para esta quinta-feira. Comandando o Liverpool, o técnico Jurgen Klopp se reencontrará com o Borussia Dortmund pouco menos de um ano depois sua emocionada saída do clube alemão. 

Klopp ficou no time aurinegro durante sete temporadas e conquistou o bicampeonato Alemão (2010/11 e 2011/12), uma Copa (2011/12) e duas Supercopas da Alemanha (2013 e 2014). Além disso, levou o clube à final da Liga dos Campeões 2012/13, quando foi derrotado pelo Bayern de Munique, em Wembley. 

Apesar da expectativa para a partida, Klopp buscou minimizar o reencontro com a "Muralha Amarela", como é conhecida a torcida do Borussia, e exaltar o duelo que vale uma vaga na semifinal da segunda competição de clubes mais importante da Europa. 

"Não espero nenhuma recepção (dos torcedores). A partida será uma luta de verdade. Estou um pouco decepcionado que temos que falar sobre isso (a reação dos fãs). Eu disse adeus há nove meses, volto e durante o jogo é tudo normal. Eles não precisam aplaudir quando eu entrar", respondeu Klopp em entrevista coletiva nesta quarta-feira. 

 "Todos nós começamos a jogar futebol contra nossos melhores amigos e, ainda assim, não me lembro de não querer vencê-los da mesma maneira", completou. 

Conhecido por suas comemorações efusivas nos gols, o alemão afirmou que não hesitará em vibrar caso o Liverpool marque. "Claro que irei celebrar. Eu fiz o mesmo quando retornei ao Mainz treinando o Dortmund, e eu estive lá por 18 anos. Se após sete anos os torcedores do Borussia não me conhecem o suficiente e não sabem que vou comemorar um gol do meu time, o que posso dizer?"

O encontro no Signal Iduna Park nesta quinta-feira colocará frente a frente os dois maiores favoritos ao título da atual edição da Liga Europa. O Liverpool de Klopp encara a competição como a grande chance de levantar um troféu pela primeira vez em três temporadas. Além disso, é o único caminho para o clube se classificar para a próxima Liga dos Campeões. Nono colocado no Campeonato Inglês, está a nove pontos do último na zona de classificação ao torneio. 

Com semifinal da Copa da Alemanha agendada, o Dortmund chega menos pressionado ao duelo. Segundo colocado no Alemão, o time de Thomas Tuchel ainda persegue o líder Bayern de Munique, com cinto pontos de desvantagem. Sua vaga na próxima Liga dos Campeões está garantida, já que possui 22 pontos além do primeiro fora do G3. 

Tanto Liverpool como Borussia eliminaram equipes inglesas nas oitavas de final da Liga Europa. Os Reds fizeram os dois primeiros clássicos contra o Manchester United válidos por uma competição internacional. Após vencerem por 2 a 0 no Anfield Road, os comandados de Jurgen Klopp seguraram o 1 a 1 na casa dos rivais, Old Trafford. O time de Tuchel, por sua vez, não deu chances ao Tottenham: 3 a 0 na Alemanha e 2 a 1 em Londres. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.