Agora, Real Madrid quer Beckham

Com astros como Ronaldo, Zidane, Figo, Roberto Carlos e Raul, haveria lugar no Real Madrid para mais uma estrela mundial? O que parece impossível começa a ser cogitado. Nos últimos dias, os jornais espanhóis e ingleses apontam a possibilidade de que o jogador inglês David Beckham, do Manchester United, seja transferido para o Real Madrid ao final desta temporada.Nos diários esportivos da Espanha, como o AS e Marca, um dos diretores do Real, Jorge Valdano, confirmou que a contratação do capitão da seleção inglesa poderia ser o próximo projeto do super-time de Madri. A declaração foi o suficiente para que fosse gerada uma verdadeira "Beckhamania" na Espanha. Para completar, Beckham não desmentiu a notícia e disse que seria uma "honra" atuar pela equipe de Ronaldo.Mas a luta por Beckham promete ser acirrada, já que há rumores de que a Inter de Milão também estaria interessada no jogador. Nos jornais ingleses, Beckham afirma que está apenas "desfrutando" o fato de estar sendo disputado por vários times. Beckham tem um contrato com o time inglês até 2005. Mas tanto os jornais espanhóis como os ingleses e italianos apontam que as relações entre o astro e o técnico do Manchester, Alex Ferguson, estariam deterioradas. Além disso, existiria um desentendimento com Ryan Giggs, outro jogador do Manchester. No Sun, jornal de Londres, o astro desmente a existência de problemas tanto com o técnico como com o companheiro de time.O que todos se perguntam, porém, é quem sairia do Real para dar lugar à Beckham. No jornal El Mundo Deportivo, de Barcelona, a avaliação é de que Figo seria o eleito para deixar o clube, possivelmente para o Milan para jogar ao lado de Rivaldo.LUCROS - A contratação de Beckham não seria apenas explicada pela necessidade do Real em ter mais um jogador para o seu ataque. Muitos acreditam que o interesse pelo jogador esteja sendo gerado pelos lucros que o clube poderia conseguir com a promoção da imagem do atleta, principalmente na Ásia.Beckham ainda é considerado na Inglaterra como o "homem mais influente do país". Mas recebendo um salário de US$ 5 milhões por ano, o que resta saber é quanto o Real estaria disposto a pagar pelo jogador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.