Agora Romário vai cobrar o Flamengo

O Flamengo decidiu não contratar o atacante Romário e, como contra-ataque, o jogador dará início, nos próximos dias, à execução da dívida que o Rubro-Negro tem com ele. O advogado do jogador, Luiz Eduardo Weaver, vai pedir o pagamento dos R$ 18 milhões que o clube deve ao seu cliente.Romário tem dois processos contra o Flamengo. Um cível, referente ao direito de imagem do jogador na época em que Kléber Leite era presidente do Rubro-Negro, no valor de R$ 10 milhões. O outro processo é trabalhista, referente à saída de Romário durante a administração Edmundo dos Santos Silva.O processo pode levar o Flamengo a ter que penhorar seus bens, rendas, cotas de patrocínio e passes de jogadores para o pagamento da dívida.Caso perca na Justiça, o Rubro-Negro deve recorrer da decisão.O jogador estava disposto a negociar o pagamento da dívida caso fosse contratado pelo Flamengo. Ele teria aceitado receber cerca de R$ 125 mil mensais entre salário e direito de imagem. O contrato seria de cinco meses e o jogador receberia também um bônus vindo da arrecadação em amistosos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.