Antonio Calanni/AP
Antonio Calanni/AP

Agora temos que vencer o Brasil, diz técnico italiano

Lippi reconhece que não há outro resultado para que o time vá às semifinais da Copa das Confederações

PAUL RADFORD, REUTERS

18 de junho de 2009 | 19h54

JOHANNESBURGO - O técnico da Itália, Marcello Lippi, culpou um mau desempenho em 20 minutos pela derrota por 1 x 0 para o Egito e disse que agora se foca no Brasil para avançar às semifinais da Copa das Confederações.

Veja também:

linkBuffon ainda acredita na Itália

Copa das Confederações 2009 - tabela Classificação

Copa das Confederações 2009 - lista Calendário

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Lippi afirmou que seu time criou três ou quatro boas chances, a maioria no segundo tempo do jogo pelo Grupo B nesta quinta-feira. "Acho que merecíamos pelo menos um gol", disse ele.

"Acho que o Egito jogou duas boas partidas aqui", acrescentou Lippi. "Estamos em um grupo muito difícil, muito diferente do outro grupo. O goleiro deles fez um jogo fantástico e as coisas não foram para nós".

Lippi disse que sua equipe agora precisa derrotar o Brasil no Grupo B em Pretória no domingo. "Temos que simplesmente vencer", disse o técnico em coletiva de imprensa. "Tentaremos tomar a iniciativa".

Lippi disse acreditar que seu time jogou bem os primeiros 25 minutos da partida mas perdeu a iniciativa na parte final da primeira etapa, sofrendo um gol de Mohamed Hommos aos 40 minutos.

"Não fomos muito agressivos. Não jogamos como tínhamos planejado. Quando o Egito começou a jogar e marcou, tudo de embaraçou e paramos de jogar. Não fomos pela bola".

Mas Lippi disse que a seleção italiana melhorou depois do intervalo. "Jogamos bem no segundo tempo e criamos chances. O Egito jogou um fantástico segundo tempo contra o Brasil e um excelente primeiro tempo contra nós".

O Brasil derrotou o Egito por 4 x 3 com um gols nos acréscimos na segunda-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.