Agressor de técnico é libertado

Joselo Rodríguez, agressor do técnico da seleção equatoriana, o colombiano Hernán ?El Bolillo? Dario Gómez, foi libertado da prisão após pagar fiança nesta terça-feira. Ele foi a única pessoa detida pela agressão ao treinador em maio passado. Na ocasião, o técnico recebeu golpes no rosto e foi baleado na perna por não ter convocado o filho do ex-presidente do Equador, Abdalá Bucarám, Dalo Bucarám. O suspeito de atirar contra ?El Bolillo?, José Camacho, continua foragido.O Tribunal Penal sentenciou Rodríguez a pagar a ridícula quantia de pouco mais de um centavo de dólar de fiança, segundo estabelece a lei daquele país, pelo fato de Gómez não ter apresentado queixa particular.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.