Água Santa e Botafogo empatam e seguem ameaçados pelo rebaixamento no Paulistão

Ainda não foi na tarde deste sábado que o Água Santa reencontrou o caminho das vitórias no Campeonato Paulista. Mesmo jogando diante de seus torcedores, no Estádio Distrital do Inamar, o time de Diadema ficou no empate com o Botafogo, por 1 a 1, em partida válida pela décima rodada. O resultado manteve ambos ameaçados pelo rebaixamento.

Estadão Conteúdo

19 de março de 2016 | 17h28

Sem vencer há cinco jogos, o Água Santa perdeu a chance de encostar no Red Bull Brasil, vice-líder do Grupo D, e está na terceira colocação, com 12 pontos. Já o Botafogo tem um ponto a menos no Grupo A e continua na zona de degola.

Na tentativa de aproveitar os inúmeros desfalques do adversário, o Água Santa começou a partida pressionando o Botafogo e esteve próximo de abrir o placar em duas oportunidades. Na primeira, Francisco Alex bateu e Neneca defendeu em dois tempos.

Logo depois, Renato Santiago recebeu dentro da área e bateu forte, mas o goleiro adversário defendeu com os pés. A resposta do time de Ribeirão Preto veio com Serginho, na melhor chance da etapa inicial. O atacante soltou a bomba de fora da área e a bola explodiu na trave de Dheimison.

O Água Santa criou duas boas oportunidades no começo do segundo tempo e finalmente abriu o placar aos 13 minutos. Everaldo lançou Bruninho, que ganhou na velocidade da zaga e soltou a bomba, sem chances para o goleiro. Em vantagem, o time da casa recuou demais e sofreu o empate aos 25 minutos. Samuel Santos caiu após dividida dentro da área e a arbitragem assinalou pênalti, convertido por Alemão. Os dois times tiveram chances de conquistarem a vitória, mas não aproveitaram.

O Água Santa volta a campo na próxima quinta-feira, contra o Novorizontino, às 21h30, no Estádio Ismael Di Biasi, em Novo Horizonte, enquanto o Botafogo encara o São Paulo na quarta, às 21h45, no Pacaembu, em São Paulo. Os dois jogos são válidos pela 11ª rodada.

FICHA TÉCNICA

ÁGUA SANTA 1 X 1 BOTAFOGO

ÁGUA SANTA - Dheimison; Pedro (Cléber), Gustavo, Eli Sabiá e Bruno Ré; Russo, Sérgio Manoel, Francisco Alex (Bruninho) e Éder Loko; Rafael Santiago e Everaldo (Rafael Martins). Técnico - Márcio Ribeiro.

BOTAFOGO - Neneca; Daniel Borges, Caio Ruan, César Gaúcho (Léo Coca) e Diego Pituca; Rodrigo Thiesen, Moradei (Diogo Campos), Carlos Alberto e Samuel Santos; Serginho e Alemão (Mirita). Técnico - Márcio Fernandes.

GOLS - Bruninho, aos 13, e Alemão, aos 25 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - José Claudio Rocha Filho.

CARTÕES AMARELOS - Sérgio Manoel e Bruno Ré (Água Santa); César Gaúcho, Rodrigo Thiesen e Neneca (Botafogo).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Distrital do Inamar, em Diadema (SP).

Tudo o que sabemos sobre:
Campeonato PaulistaFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.