Rogério Pallatta / Ag. Paulistão
Rogério Pallatta / Ag. Paulistão

Água Santa e Ituano empatam em jogo sob forte calor em Diadema pelo Paulistão

Devido à falta de iluminação, jogos no Distrital do Inamar são obrigados a começar no máximo às 15h

Redação, Estadao Conteudo

09 de fevereiro de 2022 | 17h32

Debaixo de forte calor, Água Santa e Ituano fizeram um jogo bastante movimentado na tarde desta quarta-feira, em Diadema, que terminou com igualdade de 2 a 2 no Estádio Distrital do Inamar, pela quinta rodada do Campeonato Paulista.

Com o resultado, o Água Santa permanece na lanterna do Grupo A e perto da zona de rebaixamento na classificação geral, com quatro pontos. Já o Ituano perdeu a chance de assumir a vice-liderança do Grupo C e continua em terceiro, com oito.

O jogo começou morno em Diadema até que o Água Santa aproveitou uma falha generalizada da defesa do Ituano para abrir o placar, aos 13 minutos. Fernandinho aproveitou bola mal tirada, dominou e bateu de virada no canto de Pegorari.

A vantagem dos donos da casa durou até os 25, quando Léo Santos desviou de cabeça o escanteio cobrado por Lucas Nathan e empatou. A partida ficou aberta, com os dois times criando algumas oportunidades e também reclamando de pênaltis não marcados pelo árbitro.

Os times voltaram ligados do intervalo. Depois de Pegorari impedir o gol do Água Santa em duas oportunidades, o Ituano virou, aos 12, com Rafael Elias em chute de primeira após passe de Neto Berola. A resposta dos donos da casa veio sete minutos depois em pênalti cobrado por Dadá Belmonte.

Depois de muita movimentação no começo do segundo tempo, as equipes diminuíram o ritmo, sentindo o desgaste do forte calor em Diadema. No final, Água Santa e Ituano ainda tentaram o gol da vitória, mas sem sucesso.

O Água Santa volta a campo no sábado, contra o Botafogo, às 16 horas, no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto. No domingo, também às 16, o Ituano visita o Santos, na Vila Belmiro.

FICHA TÉCNICA

ÁGUA SANTA 2 X 2 ITUANO

ÁGUA SANTA - Victor Souza; Leandro Silva (João Vitor), Jeferson Bahia, Hélder e Rhuan; Rodrigo Sam (Gabriel Terra), Cristiano, Lelê (Matheus Oliveira) e Dadá Belmonte; Fernandinho e Caio Dantas (Álvaro). Técnico: Sérgio Guedes.

ITUANO - Pegorari; Pacheco, Lucas Dias, Léo Santos e Roberto (Mário Sérgio); Jiménez, Igor Henrique (Caio), Lucas Siqueira e Lucas Nathan (Aylon); Neto Berola (João Vitor) e Rafael Elias (Gabriel Barros). Técnico: Mazola Júnior.

GOLS - Fernandinho, aos 13, e Léo Santos, aos 25 minutos do primeiro tempo; Rafael Elias, aos 12, e Dadá Belmonte (pênalti), aos 19 do segundo.

ÁRBITRO - Thiago Luis Scarascati

CARTÕES AMARELOS - Rodrigo Sam, Cristiano e Jeferson Bahia (Água Santa); Igor Henrique e Lucas Siqueira (Ituano).

RENDA - R$ 56.220,00.

PÚBLICO - 1.998 pagantes (2.053 total).

LOCAL - Estádio Distrital do Inamar, em Diadema (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.