Enric Fontcuberta/ EFE
Enric Fontcuberta/ EFE

Agüero pode abandonar futebol por causa do problema no coração, diz rádio espanhola

Atacante argentino de 33 anos do Barcelona teve arritmia diagnosticada no fim de outubro

Redação, O Estado de S.Paulo

12 de novembro de 2021 | 13h48

Um dia após o técnico Lionel Scaloni dizer que conta com o retorno de Sergio Agüero à seleção argentina, uma rádio da Espanha trouxe a informação de que o atacante de 33 anos pode abreviar a carreira por causa da arritmia cardíaca. O jogador passou mal em campo num jogo diante do Alavés, dia 30 de outubro, pelo Campeonato Espanhol, e, desde então, faz tratamento no coração.

O jogo com o Alavés estava no primeiro tempo quando Agüero cai, com a mão no peito, pedindo atendimento médico urgente. Ele ficou internado por quatro dias em um hopital espanhol e agora passa por tratamento com o médico do Barcelona, Josep Brugada. Serão três meses de avaliações. Nesse período, Agüero não vai jogar futebol.

A intenção do Barcelona é saber se há possibilidade de Agüero voltar a jogar em alto nível após apresentar o problema no coração. De acordo com a Catalunya Radio, contudo, os médicos já teriam até informado ao atleta que não existe mais chances de ele retornar aos gramados pela complexidade da arritmia cardíaca.

"Kun Agüero não pode mais jogar futebol devido a uma patologia grave. Os médicos transferiram a informação para o atacante argentino, segundo pudemos confirmar", informou a rádio da Catalunha.

O argentino de 33 anos teria sido informado da gravidade do problema após o resultado dos exames cardiológicos realizados, mas evitou antecipar sua aposentadoria focando apenas em preservar sua saúde. Ele foi um dos reforços do clube na janela do meio do ano na Europa, vindo do Manchester City, no qual jamais havia apresentado sintomas semelhantes. Na infância, teria passado por um problema no coração, até então jamais repetido. A arritmia cardíaca chegou até a ser relacionada com o diagnóstico da covid-19, mas o Barcelona evitou comentar sobre a possibilidade.

Desde que foi internado, Agüero apenas manifesta sua gratidão pelas tantas mensagens de apoio e carinho de fãs e do mundo do futebol e sempre frisa que "está bem".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.