Sergio Perez/Reuters
Sergio Perez/Reuters

Agüero marca coletiva nesta quarta-feira para anunciar seu futuro após arritmia cardíaca

Segundo a imprensa espanhola, atacante argentino de 33 anos deve anunciar aposentadoria dos gramados

Redação, Estadão Conteúdo

14 de dezembro de 2021 | 12h09

Sem entrar em campo desde outubro por causa de uma arritmia cardíaca, o atacante Sergio Agüero convocou entrevista coletiva nesta quarta-feira para anunciar o seu futuro, diante dos jornalistas, no estádio Camp Nou. O jogador do Barcelona, de acordo com a imprensa espanhola, deve anunciar sua aposentadoria dos gramados.

O evento está marcado para as 8 horas (horário de Brasília) e terá a presença do presidente do Barcelona, Joan Laporta. Inicialmente, havia a expectativa de que o jogador argentino se manifestasse publicamente sobre seu futuro ainda nesta terça. Mas o clube acabou decidindo por um evento maior, na quarta.

Agüero não entra em campo desde que sofreu um mal-estar durante a partida contra o Alavés, no dia 30 de outubro, em jogo válido pelo Campeonato Espanhol. Exames médicos constataram que o jogador tem uma arritmia cardíaca, o que gerou rumores de que o atacante de 33 anos pode abandonar o futebol em nome da saúde.

O argentino desembarcou no Barcelona no meio do ano, para o início da temporada europeia. A estreia aconteceu somente em 17 de outubro porque ele chegou ao clube com uma lesão muscular na perna direita. Seu único gol até agora foi marcado na derrota do Barça para o Real Madrid, por 2 a 1, no último clássico.

Ao todo, ele entrou em campo em apenas cinco jogos, decepcionando a torcida, que esperava que o atacante se tornasse a grande referência do ataque catalão, principalmente após a saída do compatriota Lionel Messi. No total, foram apenas 165 minutos em campo, somando as cinco partidas.

Agüero havia deixado o Manchester City em alta. Em 10 anos no clube inglês, ele marcou 260 gols e se tornou o maior artilheiro da história do time. Antes, ele defendeu as cores do Atlético de Madrid, também da Espanha. Na Argentina, defendeu apenas um clube, o Independiente, pelo qual foi revelado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.