Aguero garante vitória da Argentina sobre Egito: 2 x 0

O jovem atacante Sergio Aguero levou aseleção da Argentina à vitória por 2 x 0 sobre o atual campeãoafricano, Egito, em amistoso, nesta quarta-feira. O jogador do Atlético de Madri abriu o marcador e ozagueiro Nicolas Burdisso acrescentou o segundo, seu primeirogol pela seleção, garantindo a vitória dos visitantes apesar daausência dos lesionados Lionel Messi e Juan Román Riquelme. O Egito atuou praticamente com a mesma equipe que venceuCamarões na final da Copa Africana de Nações, em Gana, no mêspassado. A Argentina tomou o controle inicial da partida, com umchute perigoso de Luis González logo nos primeiros minutos. Aequipe esteve novamente perto de abrir o marcador com umacabeçada de Martin Demichelis e um toque por cobertura de MaxiRodriguez que foi salvo em cima da linha por Hani Said. Enquanto o Egito lutava para recuperar seu espaço em campo,Mohamed Zidan interceptou uma bola lançada pelo goleiro RobertoAbbondanzieri e tentou a sorte com um chute de 30 metros, queacabou defendido pelo goleiro. Zidan esteve novamente perto de marcar no segundo tempo,numa jogada individual em que driblou o marcador e chutou pertoda trave. A melhor chance egípcia esteve nos pés de MohamedAboutrika, que, de dentro da área, tocou para fora apóscruzamento rasteiro de Ahmed Fathi. A dupla de ataque argentina formada por Julio Cruz e Agueropraticamente não ameaçou até os 19 minutos do segundo tempo,quando Aguero tentou um chute de fora da área. O gol que abriu caminho para a vitória saiu dois minutosdepois, quando uma bola lançada enganou a defesa do Egito eencontrou Aguero. O atacante de 19 anos tocou na saída dogoleiro. A Argentina então passou a controlar a partida, e fez osegundo aos 40 minutos, numa cabeçada por cobertura de Burdissoapós cobrança de falta de Rodriguez.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.