Juan Mabromata/ AFP
Juan Mabromata/ AFP

Agüero para por pelo menos um mês e não enfrenta o Brasil

Jogador sofreu lesão muscular na estreia das Eliminatórias

Estadão Conteúdo

16 de outubro de 2015 | 17h06

A Argentina deverá ter um desfalque importante para enfrentar o Brasil, no próximo dia 12 de novembro, pela terceira rodada das Eliminatórias da Copa. A lesão muscular de Sergio Agüero é mais grave do que se imaginava e ele não voltará aos gramados antes de um mês. A informação foi dada nesta sexta-feira pelo técnico do clube dele, Manuel Pellegrini, do Manchester City.

"Sergio tem uma lesão muscular e é uma lesão importante, então eu acho que ele não volta antes de um mês", explicou o treinador em entrevista coletiva. O atacante se machucou na estreia da Argentina nas Eliminatórias, na semana passada, em derrota para o Equador, e já não enfrentou o Paraguai, na terça-feira.

A Associação de Futebol Argentina (AFA), entretanto, não havia divulgado a gravidade da lesão, revelada agora pelo City. Além de Agüero, o técnico Tata Martino pode ter que escalar a seleção argentina sem Lionel Messi contra o Brasil. O craque se recupera de uma lesão no joelho e tem seu retorno previsto para as proximidades do clássico. O problema, para a Argentina, é que o Barcelona conta com ele para pegar o Real Madrid, dia 21, e quer que o astro seja preservado.

Agüero marcou cinco gols em 20 minutos na sua última partida pelo Manchester City, a vitória por 6 a 1 sobre o Newcastle pelo Campeonato Inglês. Nesse jogo, porém, ele acabou sendo substituído por causa de dores musculares.

Com 33 gols desde a sua estreia pela Argentina em 2006, Agüero é o quarto maior artilheiro da história da seleção, atrás de Gabriel Batistuta (54), Messi (49) e Hernán Crespo (35).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.