EFE

13 de julho de 2011 | 15h38

BUENOS AIRES - O atacante Sergio Aguero, um dos destaques da seleção da Argentina na vitória por 3 a 0 sobre a Costa Rica pela Copa América, reafirmou nesta quarta-feira sua vontade de deixar o Atlético de Madrid, equipe pela qual atua desde 2006.

"Falei com o clube, divulguei uma nota oficial, agora meus representantes estão negociando minha saída. Não sei quando o acordo chegará, mas quero me informar a respeito quando acabar a Copa América", disse Aguero em entrevista à ESPN.

Cotado para se transferir para o arquirrival do Atlético, o Real Madrid, Aguero não deu pistas se negocia com o clube merengue. Na semana passada, o pai do jogador também evitou falar sobre uma possível transferência, limitando-se a dizer que o argentino tinha contrato por dois anos com os 'colchoneros'.

Aguero disse ainda que seu sogro, Diego Maradona, está bem de saúde após o leve acidente que sofreu nesta semana. "O carro bateu em um caminhão, mas ele está bem, não há problema", explicou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.