Agüero reitera desejo de ficar no Atlético de Madri

O atacante argentino Sergio Agüero voltou a dizer nesta quinta-feira que quer ficar no Atlético de Madri para a próxima temporada, negando um suposto contato de Florentino Pérez, candidato à Presidência do Real Madrid.

EFE

21 de maio de 2009 | 12h43

"Por mim, quero ficar no Atlético para sempre. Estou muito feliz, fui bem tratado desde que cheguei e tenho um carinho muito grande pelo clube. Atualmente estou pensando nas duas últimas partidas da temporada e na seleção", afirmou o jogador em entrevista coletiva.

O genro do ex-jogador Diego Maradona - técnico da Argentina - disse ainda que "se vê" formando a dupla de ataque do Atlético com o uruguaio Diego Forlán na próxima temporada.

Agüero explicou que ele e o Atlético crescem juntos desde sua contratação. "No meu primeiro ano, não jogávamos competições europeias há várias temporadas e fomos à Copa da Uefa. Disputamos a Liga dos Campeões e o objetivo é voltar", explicou.

O argentino minimizou o fato de ter marcado menos vezes nesta temporada - está com 16, contra 19 - e disse que sua meta é levar a equipe à Liga dos Campeões.

Além disso, negou um suposto contato de Florentino Pérez para sua contratação, como afirmado há algumas semanas pela imprensa. "Ninguém falou comigo, portanto isso é mentira. Pode ser que ele tenha falado com outras pessoas, mas comigo não. E quem decide sou eu", apontou.

O argentino destacou a qualidade do elenco da equipe, que tem de "brigar por algum título" na próxima temporada. "Ainda não se sabe que reforços virão, mas ano que vem, com a qualidade que há aqui, acho que temos de estar brigando por algum título", ressaltou.

Para garantir a quarta colocação - e a vaga na Liga - antecipadamente, o time precisa superar o Athletic Bilbao fora de casa e torcer por empate entre Villarreal e Valencia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.