Divulgação
Divulgação

Aguirre admite que Inter precisa melhorar e lamenta expulsão

Fraca atuação no empate por 1 a 1 com o Lajeadense deixa o técnico uruguaio preocupado para a estreia pela Libertadores

Estadão Conteúdo

02 de fevereiro de 2015 | 09h53

O técnico Diego Aguirre não aprovou a atuação do Internacional na estreia no Campeonato Gaúcho, em partida que também valeu o título da Recopa Gaúcha. No último domingo, o time empatou por 1 a 1 com o Lajeadense na Arena Alviazul e acabou sendo derrotado por 3 a 1 na disputa de pênaltis.

Para o treinador, o Internacional ainda tem muito a evoluir, ainda mais pensando na estreia na Copa Libertadores, em 17 de fevereiro, diante do vencedor do confronto entre The Strongest e Morelia. "Tem muitas coisas para melhorar", afirmou. 

De acordo com Aguirre, porém, a expulsão do lateral-direito Léo no segundo tempo, no lance que originou o gol do Lajeadense, em cobrança de pênalti, também afetou o desempenho do Inter. "O jogo ficou condicionado pela expulsão", avaliou. 

Após tropeçar na estreia no Campeonato Gaúcho e perder a Recopa Gaúcha nos pênaltis, o Inter volta a entrar em campo na próxima quarta-feira, às 19h30, quando vai receber o São José no Beira-Rio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.