Aguirre define Libertadores como prioridade atleticana: 'Precisamos nos preparar'

Contratado na semana passada para substituir Levir Culpi no Atlético-MG a partir da próxima temporada, o técnico Diego Aguirre chegou ao clube com uma meta bem definida: conquistar a Libertadores de 2016. Para isso, no entanto, o uruguaio sabe que precisará superar muitos obstáculos e realizar uma preparação especial.

Estadão Conteúdo

08 de dezembro de 2015 | 16h33

"Um dos nossos grandes objetivos é conquistar a Libertadores. O Atlético-MG pensa nisso e é normal pela qualidade do elenco que tem. A Libertadores é uma competição especial e diferente. É preciso se preparar muito, não apenas nos aspectos táticos. O espírito de equipe precisa estar muito forte. Estou muito confiante e creio que o Atlético-MG estará em excelente forma", disse nesta terça-feira, em entrevista ao SporTV.

Aguirre terá sua segunda oportunidade como técnico de um clube brasileiro, após levar o Inter à semifinal da Libertadores no início deste ano. Após quase seis meses desempregado, após ser demitido do clube gaúcho, ele chega para comandar uma das melhores equipes do Brasil em 2015, campeã mineira e vice do Brasileirão.

"Estou com muita expectativa. O Atlético-MG é um grande time, penso que é possível fazer um grande trabalho e conseguir coisas importantes. Tem uma boa estrutura, uma boa equipe e grandes jogadores. Tudo isso para fazer um bom trabalho", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAtlético-MGDiego Aguirre

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.