Aguirre deixa titulares fora até do banco para a estreia do Atlético-MG

O Atlético Mineiro vai utilizar uma equipe inteira reserva para enfrentar o Santos, neste sábado, às 18h30, no Independência, na sua estreia no Campeonato Brasileiro. Pensando no jogo de quarta-feira contra o São Paulo, no mesmo estádio, pela Copa Libertadores, o técnico Diego Aguirre optou por não levar nenhum titular nem mesmo para o banco de reservas.

Estadão Conteúdo

13 de maio de 2016 | 19h05

Para completar o grupo de 18 relacionados, foram chamados três garotos da base: o meia Filipinho, de 19 anos, o lateral-esquerdo Leonan, de 20, e o atacante Luiz Guilherme, também de 19.

Dos jogadores que enfrentaram o São Paulo na quarta-feira, no Morumbi, só os atacantes Hyuri e Clayton encaram o Santos - ambos entraram em campo no segundo tempo no Morumbi. A equipe deverá ser escalada com: Uilson (Giovanni); Gabriel (Carlos Cesar), Tiago, Edcarlos e Yago; Lucas Cândido, Eduardo, Carlos Eduardo e Cazares; Hyuri e Clayton.

O atacante Carlos, que deixou a final do Campeonato Mineiro com dores e nem viajou a São Paulo, também não foi relacionado. Mesmo os volantes Júnior Urso e Rafael Carioca, suspensos para o jogo de quarta-feira, serão poupados. O Atlético vem de seis jogos seguidos com os titulares. Dátolo fica fora por lesão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.