Alexandre Lops/Divulgação
Alexandre Lops/Divulgação

Aguirre evita comentar confusão e comemora vantagem do Inter

Colorado empata fora de casa e avança com igualdade na volta

Estadão Conteúdo

12 de abril de 2015 | 09h57

O técnico Diego Aguirre deixou de lado a confusão que interrompeu o jogo do Internacional contra o Brasil de Pelotas por 43 minutos e comemorou a vantagem obtida pela equipe da capital, no sábado, no jogo de ida da semifinal do Campeonato Gaúcho. Com o empate por 1 a 1 fora de casa, o Inter avança à decisão mesmo sem empatar sem gols na partida da volta.

"Empatamos tendo feito um gol, então temos uma pequena vantagem. Espero que a gente confirme isso no Beira-Rio", comentou o treinador, sem citar a briga de torcida que atrapalhou a partida. O confronto na parte da arquibancada que só tinha torcedores do Brasil de Pelotas fez com que o jogo terminasse apenas à noite no estádio Aldo Dapuzzo, que não contou com iluminação artificial.

Como consequência, Aguirre concedeu a entrevista coletiva às escuras ao fim do confronto. "Não tomo esse jogo como medida real, porque as condições não favoreciam o que treinamos. As condições são ruins, não são as normais", comentou o treinador, referindo-se também à qualidade do gramado.

A partida da volta entre Inter e Brasil de Pelotas está marcada para o próximo domingo, dia 19, no Beira-Rio. O classificado enfrentará o vencedor do confronto entre Grêmio e Juventude.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolInternacionalAguirre

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.