Aguirre lamenta gol no fim, mas vê empate 'excelente' para o Inter

O Internacional conseguiu empatar em 2 a 2 a primeira partida das oitavas de final da Libertadores diante do Atlético-MG no Independência, na quarta-feira. Apesar do ótimo resultado, com dois gols na casa do adversário, o time deixou o campo com um sabor amargo. Isso porque vencia até os 49 minutos do segundo tempo, quando Leonardo Silva deixou tudo igual. Mas nada que assuste o técnico Diego Aguirre, que fez questão de exaltar seus comandados.

Estadão Conteúdo

07 de maio de 2015 | 09h41

"Acho que foi um bom jogo, muito intenso, bem jogado. Sempre com dois times que aspiram ganhar a Libertadores. E o empate foi bom. Se me falassem antes do jogo que seria um empate em 2 a 2, eu assinaria na hora. Por tomar um gol no último segundo, fica uma tristeza, mas o resultado foi excelente", declarou o treinador.

Com o resultado, o Inter volta para casa com a vantagem de poder se classificar com empate por 0 a 0 ou 1 a 1 na partida da próxima quarta-feira. Aguirre celebrou esta possibilidade e avaliou que o Inter precisa apenas repetir o que fez no jogo de ida do Independência. "O time teve personalidade. Por um momento, sofremos, sempre acontecem situações difíceis. Mas o time mostrou um bom jogo. Volto para Porto Alegre com uma sensação boa e ainda, obviamente, teremos 90 minutos pela frente, na nossa casa, com a torcida apoiando", lembrou.

O treinador surpreendeu na escalação, ao deixar de fora nomes de destaque, como D'Alessandro e Valdivia, que não estavam 100% após a decisão do Gaúcho. E a postura parece ter agradado os outros atletas do elenco. "Hoje (quarta), mais do que nunca, o Diego (Aguirre) confirmou que confia em todo mundo. Todo mundo sabe da importância do D?Alessandro, mas hoje não estava 100% para jogar todo o jogo, então entrou o Alex", exaltou o zagueiro Juan.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
futebolLibertadoresInterDiego Aguirre

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.