Dolores Ocho/AP
Dolores Ocho/AP

Aguirre se diz 'triste' por gols perdidos, mas valoriza empate

Primeira decisão do Gaúcho acaba com empate sem gols

Estadão Conteúdo

27 de abril de 2015 | 09h17

O primeiro Gre-Nal da decisão do Campeonato Gaúcho terminou em igualdade. Os maiores rivais do estado terminaram empatados em 0 a 0, mas mesmo atuando na casa do adversário quem saiu mais insatisfeito com o resultado foi o Inter. O reflexo disso foi a entrevista coletiva do técnico Diego Aguirre após a partida, lamentando as inúmeras chances perdidas por seus comandados.

"Acho que foi um jogo muito difícil. Antes do jogo, falamos que o empate era bom, isso eu não vou mudar. Mas estivemos tão perto de marcar o gol que estamos um pouco triste. Estivemos tão próximo de marcar, mas não conseguimos fazer. São coisas do futebol. Seria mais complicado se perdêssemos o jogo. Levamos algo positivo daqui, o empate está bom. Não é espetacular, mas é bom", comentou.

Depois de muito mistério sobre a escalação, Aguirre entrou em campo com o Inter praticamente completo. Agora, a dúvida fica para o time que jogará no domingo que vem, no Beira-Rio, já que na quarta-feira seguinte os colorados iniciam o duelo de oitavas de final da Libertadores com o Atlético-MG em Belo Horizonte.

"Ainda tenho que pensar no que fazer para domingo. Preciso de dois, três, quatro dias para ver qual o melhor time para domingo", disse o técnico uruguaio. "É verdade que a prioridade é a Libertadores. Mas não posso não pensar no Grêmio, não respeitar o Grêmio."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.