Rubens Chiri / São Paulo
Rubens Chiri / São Paulo

Aguirre tem melhor aproveitamento dos últimos seis anos no São Paulo

Desde a segunda passagem de Leão, um treinador efetivo do clube não atingia a casa dos 60%

Renan Cacioli, O Estado de S. Paulo

25 Agosto 2018 | 05h00

Um dos responsáveis por recolocar o São Paulo nos eixos em 2018 e na liderança do Campeonato Brasileiro, o técnico Diego Aguirre chega para o duelo deste domingo, contra o Ceará, às 11h, no Morumbi, com 62,2% de aproveitamento dos pontos que disputou desde que assumiu o cargo, em março. Trata-se do melhor desempenho de um técnico efetivo do clube desde a segunda passagem de Emerson Leão, que saiu em junho de 2012 com 63,6%. 

De lá para cá, outros nove nomes assumiram o posto. Nenhum havia chegado à casa dos 60% até agora. Aguirre soma 30 partidas como comandante tricolor. Ganhou 16, empatou oito e perdeu seis. Leão, quando deixou o clube em 2012, havia ficado um pouco mais à frente da equipe: 44 jogos, com 26 vitórias, seis empates e 12 derrotas.

Confira a performance dos treinadores (sem contar interinos) desde aquele ano:

Emerson Leão

Período: outubro de 2011 a junho de 2012.

Campanha: 44 jogos (26 vitórias, 6 empates, 12 derrotas).

Aproveitamento: 63,6%.

Ney Franco

Período: julho de 2012 a julho de 2013.

Campanha: 79 jogos (40 vitórias, 17 empates, 22 derrotas).

Aproveitamento: 57,8%.

Paulo Autuori

Período: julho a setembro de 2013.

Campanha: 17 jogos (3 vitórias, 4 empates, 10 derrotas).

Aproveitamento: 25,5%.

Muricy Ramalho

Período: setembro de 2013 a abril de 2015.

Campanha: 109 jogos (58 vitórias, 22 empates, 29 derrotas).

Aproveitamento: 59,9%.

Juan Carlos Osorio

Período: junho a outubro de 2015.

Campanha: 26 jogos (11 vitórias, 7 empates, 8 derrotas).

Aproveitamento: 51,3%.

Doriva

Período: outubro a novembro de 2015.

Campanha: 7 jogos (2 vitórias, 1 empate, 4 derrotas).

Aproveitamento: 33,3%.

Edgardo Bauza

Período: dezembro de 2015 a agosto de 2016.

Campanha: 48 jogos (17 vitórias, 13 empates, 18 derrotas).

Aproveitamento: 44,4%.

Ricardo Gomes

Período: agosto a novembro de 2016.

Campanha: 18 jogos (6 vitórias, 5 empates, 7 derrotas).

Aproveitamento: 42,6%.

Rogério Ceni

Período: novembro de 2016 a julho de 2017.

Campanha: 37 jogos (14 vitórias, 13 empates, 10 derrotas).

Aproveitamento: 49,5%.

Dorival Júnior

Período: julho de 2017 a março e 2018.

Campanha: 40 jogos (17 vitórias, 11 empates, 12 derrotas).

Aproveitamento: 51,6%.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.