Aílton: a experiência do São Caetano

Uma das lições que a comissão técnica do São Caetano aprendeu com as duas derrotas consecutivas em decisões do Campeonato Brasileiro foi a necessidade de contar no elenco com jogadores experientes. Hoje, a três dias da final da Taça libertadores da América, quem melhor representa essa ?categoria? de atleta é o meia Aílton. ?Sou um dos mais rodados desse grupo e gosto dessa situação de poder conversar e dar conselhos para meus companheiros, dentro ou fora do campo?, afirmou o jogador.E não é só pela técnica e experiência que adquiriu ao passar por grandes clubes como São Paulo e Portuguesa. Aílton se tornou um exemplo de dedicação e força de vontade para todos. Depois de ficar afastado por três meses dos gramados por causa de uma cirurgia que sofreu no ligamento colateral do joelho esquerdo (o local já havia rompido duas vezes), ele se recuperou e atualmente faz a diferença para o time paulista. Foi dele o gol da vitória sobre o Olimpia na primeira partida da final do torneio sul-americano, em Assunção. ?Agora é manter a tranqüilidade para assegurar o título.?Leia mais no Estadão

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.