Aílton Silva é demitido pela segunda vez do São Caetano

O São Caetano decidiu demitir um treinador pela terceira vez em apenas 15 rodadas do Campeonato Paulista. Nesta quinta-feira, a diretoria decidiu mandar embora o técnico Ailton Silva, que já havia sido demitido pelo próprio clube do ABC uma vez na atual edição do estadual.

AE, Agência Estado

28 de março de 2013 | 17h33

Ailton começou o ano como técnico da equipe, depois de assumir o cargo na reta final da Série B. Mas após quatro jogos e apenas cinco pontos conquistados, ele foi demitido. Depois, assumiu um posto como auxiliar técnico de Geninho, continuando no clube.

Reassumiu a equipe quando Geninho foi demitido depois de ficar apenas sete jogos no comando do São Caetano, somando um mísero ponto. Na sua segunda passagem, Ailton comandou o time em mais quatro jogos, conquistando seis pontos.

Assim, no total, Ailton treinou o time em oito partidas e conquistou 10 dos 11 pontos que a equipe tem no Paulistão, no antepenúltimo lugar. Quem assume para tentar livrar a equipe do rebaixamento é Daniel Martine, que estava no sub-20.

"É um grande desafio. Sei que a situação da equipe no Paulistão é muito complicada, mas vamos trabalhar duro e não resta alternativa senão vencer ou vencer", disse Daniel.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.