Ainda lanterna, ABC vence o Boa de virada em Natal

Com vitória, equipe de Natal chega a sua segunda vitória consecutiva

AE, Agência Estado

28 de setembro de 2013 | 23h13

NATAL - Na base da pressão e da raça, o ABC venceu o Boa, por 3 a 1, de virada, neste sábado à noite, no Estádio Frasqueirão, em Natal, no fechamento da 25.ª rodada da Série B. Apesar da nova vitória, o time potiguar ainda é o lanterna com 23 pontos. Os mineiros continuam em posição intermediária, em 11.º lugar, com 35 pontos. Na rodada passada, em casa, o ABC tinha derrubado a Chapecoense. E agora promete brigar para fugir da zona de rebaixamento. Em oito jogos em Natal, o ABC venceu cinco, empatou dois e perdeu um.

Mas a diretoria do ABC tem usado artifícios extra-campo contra seus adversários. O Boa não pode ocupar o vestiário principal, tendo que se trocar num espaço reduzido. Depois também foi proibido de fazer o aquecimento no gramado. "Isso é coisa do passado. Não existe", protestou o técnico Nedo Xavier, do time de Varginha (MG), que não quis revelar a escalação em retaliação.

Por isso mesmo, o jogo começou eletrizante e o Boa abriu o placar logo no primeiro minuto. Luiz Paulo roubou a bola e lançou para Betinho que saiu em disparada e bateu rasteiro. A torcida aplaudiu, dando ânimo ao ABC que buscou o empate. Ele saiu aos 34 minutos, após levantamento na área que a defesa não aliviou. Rodrigo Silva chutou e a bola desviou no corpo do zagueiro Lino antes de entrar. O gol foi anotado para Lino.

O ABC voltou com duas mudanças do intervalo. Entraram Pingo e Bileu, respectivamente, nos lugares de Edson e Alvinho. O técnico Roberto Fernandes acertou na mosca. O ABC imprimiu uma forte pressão, criou muitas chances e marcou os gols da virada. O primeiro aos 10 minutos. Após levantamento na área, a defesa não aliviou e a bola sobrou para a virada de perna esquerda de Lino. Em lance parecido saiu o terceiro gol aos 20 minutos. Júnior Timbó cobrou escanteio com efeito, a defesa não aliviou e a bola tocou na coxa de Rodrigo Silva e entrou. O time da casa ainda perdeu a chance de ampliar aos 34 minutos, quando Rodrigo Silva cobrou pênalti, cantando o lado, e permitindo a defesa do goleiro Jonatas, que teve uma grande atuação.

Na terça-feira acontece a 26.ª rodada, quando o ABC vai até Goiânia para enfrentar o Atlético-GO, às 19h30, no Estádio Serra Dourada. O Boa, a partir das 21h50, vai receber o Figueirense, em Varginha (MG).

ABC 3 X 1 BOA ESPORTE

ABC - Wilson Júnior; Somália, Flávio Boaventura, Lino e Wesley Bigu; Edson (Bileu), Daniel Paulista e Júnior Timbó (Gilson); Alvinho (Pingo), Rodrigo Silva e Gilmar. Técnico - Roberto Fernandes.

BOA ESPORTE - Jonatas; Crystian, Thiago Carvalho, Alex Silva (André Astorga) e Moisés; Vinícius Hess, Betinho, Francismar (Petros) e Marcelinho Paraíba; Fernando Karanga e Luiz Paulo (Crislam). Técnico - Nedo Xavier.

GOLS - Betinho, a 1, e Lino aos, 34 minutos do primeiro tempo. Lino, aos 10, e Rodrigo Silva, aos 20 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Wagner Reway (MT).

CARTÕES AMARELOS - Edson, Lino, Gilson e Bileu (ABC). Betinho, Crystian e Crislam (Boa).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Frasqueirão, em Natal (RN).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolABCBoaSérie B

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.