Martin Divisek/EFE
Martin Divisek/EFE

Ainda sem convencer na Copa, Sergio Ramos pede união dos torcedores espanhóis

Vista como uma das favoritas, a Espanha não demonstrou bom futebol contra as seleções de menor expressão no grupo

Estadão Conteúdo

27 Junho 2018 | 08h10

O zagueiro e capitão da seleção espanhola, Sergio Ramos, sabe que a equipe fechou a primeira fase da Copa do Mundo com apresentações abaixo do esperado. Tirando o empate por 3 a 3 com Portugal na estreia, o time sofreu para vencer o Irã por 1 a 0 e empatou com Marrocos por 2 a 2 nos acréscimos.

+ Após Copa, Guerrero vive momento de incertezas na carreira

+ Giménez volta a treinar na seleção uruguaia e deve enfrentar Portugal nas oitavas

+ Hotéis em cidades sedes da Copa são alvos de falsos alertas de bomba

Por conta dos últimos jogos, a imprensa do país passou a fazer duras críticas à seleção. Por isso, Sergio Ramos publicou nesta quarta-feira mensagem pedindo a união de todos os espanhóis e o apoio para que a equipe siga em busca do bicampeonato.

"Queremos que sintam orgulho desta seleção. O mesmo orgulho que nós sentimos de representar a Espanha e ser espanhol. Críticos, autocríticos, inconformados, lutadores, trabalhadores, mas sempre unidos", publicou no Twitter.

Apesar do fraco futebol apresentado, a Espanha terminou a primeira fase na liderança do Grupo B. A seleção de Sergio Ramos entrará em campo nas oitavas de final no domingo, às 11h (de Brasília), em Moscou e terá pela frente a Rússia, que terminou na segunda colocação do Grupo A.

 

A expectativa é alcançar a primeira vitória convincente e seguir na competição. Até agora, a Espanha conseguiu dois de seus resultados graças à ajuda do árbitro de vídeo. O empate que saiu nos acréscimos contra Marrocos foi validado com a ajuda do VAR, pois o auxiliar, inicialmente, havia visto impedimento. Pela segunda rodada, o VAR anulou um gol do Irã, e os espanhóis venceram por 1 a 0.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.