Ainda sem Geromel, Roger comanda treino do Grêmio e testa Edílson

Mais uma vez, o técnico Roger Machado não pôde contar com o principal jogador de seu sistema defensivo no treino do Grêmio. Como na última quarta, o zagueiro Pedro Geromel não participou da atividade desta quinta-feira realizada no CT Presidente Luiz Carvalho, visando o duelo contra o Flamengo de domingo, em Porto Alegre, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Estadão Conteúdo

19 de maio de 2016 | 20h50

O Grêmio não especificou qual o problema enfrentado por Geromel, mas assim como na quarta, ele apenas correu em volta do gramado no treino desta quinta. A princípio, não preocupa para encarar o Flamengo, mas se não tiver condições de jogo, deverá ser substituído por Werley, que ainda não atuou nesta temporada.

Quem treinou ao lado dos companheiros pela primeira vez foi o lateral Edílson. Apresentado pela manhã como novo reforço para o Campeonato Brasileiro, o jogador trabalhou como reserva no trabalho técnico comandado por Roger. Já no fim da atividade, chegou até a ser testado como titular, na vaga que vem sendo ocupada pelo volante Ramiro.

Em meio a um dia de novidades, o atacante Miler Bolaños deu entrevista coletiva pela primeira vez desde que sofreu a fratura no maxilar no Gre-Nal, em março. Ele falou um pouco sobre as dificuldades que enfrentou ao longo dos 46 dias de afastamento e garantiu que já está 100% recuperado e adaptado ao Brasil.

"O mais difícil foi não poder comer, só comida pastosa. Era puro líquido. Senti muita falta do churrasco, foi só no que pensei nesse tempo fora. Mas estou de volta e vou dar tudo de mim para conseguir muitas vitórias no Grêmio. O trabalho do professor é muito bom e estou 100% adaptado ao futebol brasileiro", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.