Site oficial do Fluminense
Site oficial do Fluminense

Ainda sem Gum, Fluminense segue preparação para duelo decisivo contra Ponte Preta

Se ganhar, equipe do técnico Abel Braga se garantirá na Série A do Brasileiro

Estadao Conteudo

18 Novembro 2017 | 17h38

Ainda sem o zagueiro Gum, que se recupera de um estiramento na coxa esquerda e fez trabalhos físicos na academia, o Fluminense treinou neste sábado, no CT Pedro Antonio, na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro, com todos os jogadores em campo pela primeira vez desde a derrota para sofrida para o Corinthians na última quarta-feira. A atividade foi fechada para a imprensa.

+ Dourado alerta que falhas não podem acontecer novamente no Fluminense

+ Danilo Barcelos é poupado, mas Ponte Preta está quase definida

O volante Richard também não esteve em campo no treinamento, que teve duração de duas horas neste sábado, pois não está liberado pelo departamento médico. Ele ainda não se recuperou de um estiramento na panturrilha. O duelo contra a Ponte Preta nesta segunda-feira, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, é considerado decisivo porque uma vitória livra o time carioca de qualquer possibilidade de ser rebaixado à Série B do Brasileiro.

A Ponte Preta é uma das equipes que brigam com o Fluminense contra o descenso. Se ganhar, o time do técnico Abel Braga se garantirá na Série A, pois chegará a 46 pontos e abrirá sete de vantagem para os times da zona de rebaixamento, não podendo mais ser alcançado pelos quatro últimos colocados.

PROMOÇÃO DE INGRESSOS

Em situação desconfortável no Brasileirão, o Fluminense fez promoção de ingressos visando atrair mais torcedores para apoiar o time no duelo contra a Ponte Preta. Os setores Sul e Leste do Maracanã têm ingressos à venda por R$ 20 e R$ 10 a meia-entrada.

Para ingressos comprados pela internet, o clube carioca continua com o sistema de E-ticket, em que o torcedor poderá acessar diretamente o estádio utilizando o celular, sem a necessidade de trocar o voucher na bilheteria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.