Kyodo/ Reuters
Kyodo/ Reuters

Al-Hilal fatura Liga dos Campeões da Ásia e pode ser rival do Flamengo no Mundial

Time saudita derrotou o Urawa Red Diamonds, do Japão, neste domingo

Redação, Estadao Conteudo

24 de novembro de 2019 | 14h42

O Al-Hilal, da Arábia Saudita, derrotou o Urawa Red Diamonds, do Japão, neste domingo, fora de casa, por 2 a 0, e conquistou a Liga dos Campeões da Ásia. Com isso, ganhou o direito de disputar o Mundial de Clubes da Fifa, que será realizado no Catar, em dezembro, e pode cruzar o caminho do Flamengo.

O time saudita já havia vencido o primeiro confronto diante do rival japonês por 1 a 0. Desta vez, foi ainda mais superior e venceu com facilidade. O triunfo que deu o tricampeonato ao Al-Hilal foi assegurado com gols de Salem Al Dawsari e Gomis.

No Mundial, o Al-Hilal pode ser adversário do Flamengo, que garantiu seu lugar no torneio da Fifa por ter vencido a Taça Libertadores, ao passar pelo River Plate na final por 2 a 1, em Lima, no Peru.

Isso vai acontecer se a equipe árabe derrotar o Espérance, da Tunísia, dia 14, nas quartas de finais da competição. A estreia do Flamengo está agendada para o dia 17, terça-feira, às 15h30 (de Brasília).

Se o duelo ocorrer, vai promover reencontros dos dois lados. Um dos principais responsáveis pelo ressurgimento do Flamengo em 2019, o técnico português Jorge Jesus comandou o Al-Hilal antes de assumir o time rubro-negro.

Do lado dos sauditas, o volante colombiano Cuellar pode rever seus ex-companheiros da equipe carioca. Ele sequer foi relacionado para o jogo da final contra o Urawa Red Diamonds e parabenizou, via redes sociais, seus ex-colegas de Flamengo pelo título da Libertadores.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAl-Hilal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.