Werther Santana/AE
Werther Santana/AE

Al Rayyan está no Brasil para observar Luis Fabiano

Dirigentes do clube do Catar foram ao Morumbi para ver o atacante em ação contra o Botafogo

FERNANDO FARO, O Estado de S. Paulo

30 de agosto de 2012 | 21h26

SÃO PAULO - O Al Rayyan não desistiu de Luis Fabiano. O clube do Catar, que deseja contratar o atacante do São Paulo e já teve recusada uma proposta de 6,5 milhões de euros, enviou dirigentes ao Morumbi para acompanhar o desempenho do camisa 9 in loco no duelo contra o Botafogo, nesta quinta-feira, pela 21.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Embora tenha gostado dos valores oferecidos pelos árabes em sua primeira investida, Luis Fabiano não pedirá para deixar o clube e deixou a decisão nas mãos da diretoria. Por sua vez, o presidente Juvenal Juvêncio já manifestou que não irá se desfazer do atacante e só uma proposta muito alta pode fazer mudá-lo de ideia.

Negociações à parte, o atacante completa nesta quinta 200 jogos com a camisa tricolor. Apesar disso, o atacante vive às turras com parte da torcida e em mais de uma oportunidade já ameaçou pedir para ser negociado.

Juvenal, inclusive, tem evitado se aproximar do atacante com receio de que ele exija ser negociado. O presidente julga o atacante como uma peça fundamental do elenco para os próximos anos, especialmente após a saída de Lucas em janeiro. O camisa 9 chegou em março do ano passado contratado junto ao Sevilla por 7,5 milhões de euros e seu vínculo vai até 2015.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCLuis Fabiano

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.