Ala racista da Lazio é contra torneio

Em comunicado enviado hoje à imprensa, os Ultras, facção racista da torcida da Lazio, pediu o cancelamento da Copa Shalom, torneio amistoso em prol da paz que começa na segunda-feira. Segundo eles, "a crescente onda de violência em Israel" e a ausência de um time palestino inviabilizam a competição, que terá Lazio, Maccabi Haifa (Israel) e Asec Mimosa (Costa do Marfim - país de maioria muçulmana). Os Ultras são temidos por atos de violência e mensagens anti-raciais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.