Alan Kardec assume responsabilidade após errar pênalti

Mesmo com o empate, Palmeiras continua com a melhor campanha do Paulistão

Agência Estado

09 de fevereiro de 2014 | 19h48

SÃO PAULO - O atacante Alan Kardec assumiu a responsabilidade pelo pênalti perdido diante do Audax, já no final do jogo deste domingo, no Pacaembu. O lance poderia representar a virada do Palmeiras, que acabou ficando no empate de 1 a 1 - assim, acabou a campanha 100% dos palmeirenses no Paulistão.

"A chance esteve nas minhas mãos. Eu acho que tenho que assumir a responsabilidade. Não tenho que ficar falando dos companheiros adversários. Eu tive a chance, mas agora é levantar a cabeça, pois a caminhada é longa", afirmou Alan Kardec, após o jogo.

Ele também agradeceu pelo apoio da torcida, apesar do pênalti perdido e do empate em casa. "Cada jogo tem sua dificuldade e esse teve muita. No entanto, saímos com o empate, não saímos derrotados. Então, pôde se ver o reconhecimento de alguns torcedores, que, ao final da partida, aplaudiram a equipe. É levantar a cabeça, pois nossa vida não para aqui", avisou.

Mesmo com o empate, o Palmeiras é a equipe de melhor campanha no Paulistão até o momento, líder disparado do Grupo D com 19 pontos. No domingo que vem, já pela oitava rodada, terá pela frente o clássico diante do Corinthians, também no Pacaembu.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPaulistãoPalmeirasAlan Kardec

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.