Alan Kardec minimiza tropeços e mira arrancada do São Paulo

A sequência de tropeços do São Paulo na temporada deixa o time com seis jogos para fazer até o fim do ano e com a obrigação de buscar uma vaga na Copa Libertadores pela disputa do Campeonato Brasileiro. Para o atacante Alan Kardec, os meses conturbados vividos recentemente deixam o elenco com mais vontade de dar a volta por cima e fechar a competição com um resultado positivo.

CIRO CAMPOS, Estadão Conteúdo

30 de outubro de 2015 | 08h25

"Pode ter certeza de que está todo mundo mordido e todo mundo querendo vencer", disse o atacante. "Foram quatro treinadores, dois presidentes e, mesmo assim, chegamos à semifinal da Copa do Brasil e estamos em quinto no Brasileiro no ano. Existem equipes com números muito piores e menos problemas", comentou.

A eliminação na Copa do Brasil para o Santos, na última quarta-feira, acabou com a chance do time conquistar algum título em 2015. Restou agora disputar as seis rodadas restantes no Brasileirão, incluindo o compromisso do próximo fim de semana, quando terá um confronto direto com o Sport, no Morumbi, para buscar se aproximar das primeiras posições.

Depois do time pernambucano, o São Paulo tem pela sequência os confrontos com o Cruzeiro (Mineirão),o Atlético-MG (Morumbi), Corinthians (Itaquerão), Figueirense (Morumbi) e Goiás (Serra Dourada). "O G4 virou nosso objetivo pelas circunstâncias. Ainda podemos alcançá-lo".

Para o jogo de sábado com o Sport, o zagueiro Breno deve ser a novidade. Recuperado de uma tendinite no joelho direito, o defensor treinou normalmente com os reservas no CT da Barra Funda, em trabalho tático sob o comando do técnico Doriva.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.