'Alan Ruschel já consegue sentar e fazer exercícios', conta irmã do lateral da Chapecoense

Um dos sobreviventes do acidente, jogador apresenta evolução no quadro clínico

O Estado de S.Paulo

06 de dezembro de 2016 | 14h14

Alan Ruschel, um dos sobreviventes do acidente aéreo que vitimou 19 jogadores da Chapecoense na semana passada, apresenta boa evolução no quadro clínico. De acordo com sua irmã Amanda, que vem atualizando as informações sobre o jogador através das redes sociais, o lateral já consegue conversar, sentar e fazer exercícios.

"O Alan vem progredindo muito, está falando bastante. Marina nos informou que ele já sentou, fez exercícios e fisioterapia. Ficamos felizes, com cada evolução dele, uma grande vitória. Muita gente perguntando quando ele volta... Não tem previsão ainda. O importante é que ele está muito bem," escreveu Amanda, em sua página no Instagram.

 

Graças a Deus que tem ouvido todas as orações, o Alan vem progredindo muito, está falando bastante. Marina nos informou que ele já sentou, fez exercícios e fisioterapia. Ficamos feliz, com cada evolução dele, uma grande vitória. Muita gente perguntando quando ele volta... não tem previsão ainda. O importante é que ele está muito bem. Agradeço todas as mensagens, não consigo responder, mas estou lendo tudo. Sei que todos estão torcendo, orando e com pensamento positivo para a recuperação desses guerreiros. . Esses gestos de carinho, bondade e generosidade de vcs, é o que fortalece a todos. Força para as famílias dos guerreiros que hoje estão com Deus, todos sendo confortado por Jesus. Amém! #forçachape #forçafamíliachape #forçaAlan #forçaFollmann #forçaRafael #forçaNeto

Uma foto publicada por Amanda Ruschel (@moa_ruschel) em


Alan foi o primeiro passageiro do avião a ser encontrado com vida. Com fratura vertebral, precisou ser submetido a cirurgia, mas apresenta boas perspectivas de melhora. O jogador já até brincou com os médicos da UTI, pedindo um churrasco.

Na segunda, os médicos em Rionegro, perto de Medellín, na Colômbia, haviam afirmado que a evolução do paciente podia ser medida pelo fato de poder sentar, o que era previsto para os próximos dias. Mas já nesta terça o lateral já conseguiu sentar, segundo o depoimento da irmã.

"O Alan está bem, sem sinal de infecção e está estável, não há grande alteração. Nas próximas 24 horas deve sentar fora do leito", comunicou o médico intensivista Edson Stakonski, no Hospital San Vicente, em Rionegro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.