Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Alan Ruschel revela sondagens, mas diz: 'Minha vontade é permanecer na Chape'

Jogador admite que recebeu propostas de clubes de dentro e fora do país

Redação, Estadao Conteudo

01 de junho de 2020 | 21h36

Alan Ruschel concedeu entrevista nesta segunda-feira e falou sobre uma possível saída da Chapecoense. O atleta, que admitiu ter recebido sondagens clubes de dentro e fora do país, deixou claro que sua vontade é permanecer e conquistar com a equipe alviverde o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro.

"O futebol é muito dinâmico. Quando você joga, algumas sondagens acontecem. Expus meu desejo para a comissão. Futebol é feito de oportunidades. Quero conquistar coisas grandes pelo clube, principalmente, o acesso neste ano. Busco coisas grandes ainda dentro do futebol. Tenho sonhos e desejos, assim como qualquer atleta. Mas minha vontade é de permanecer", declarou Alan Ruschel.

O lateral, que vinha sendo titular e capitão nas últimas rodadas do Campeonato Catarinense, também falou do momento da equipe. Alan Ruschel é um dos sobreviventes do fatídico acidente com o avião da LaMia. Na temporada passada, atuou pelo Goiás, mas voltou ao time catarinense neste ano.

"Semana passada, eu completei sete anos da minha estreia, na Série B do Brasileiro. Vivi um momento bacana. Hoje também é especial, sou capitão. Saí, mostrei que voltei a jogar em alto nível, e conquistei a confiança de quem está aqui. Importante representar o clube dentro de campo. Temos que melhorar, mas estou vivendo um momento muito feliz", relatou.

Ele ainda analisou o retorno das atividades das equipes catarinenses. A expectativa é que o futebol retorno apenas em julho. "Retomada tem sido aos poucos, por tudo o que está acontecendo. Prezamos pela saúde. Teve teste físico, mas voltada ao condicionamento. Estamos agora na parte técnica. Essa semana foi boa. Voltar ao campeonato da mesma forma que terminamos, brigando na parte de cima", finalizou.

Tudo o que sabemos sobre:
Alan RuschelChapecoensefutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.